quarta-feira, 25 de julho de 2012

Plano de Aula sobre Matemática e as Profissões


Escola Estadual Dr. Álvaro Guião
Período: 100 minutos.
Data prevista para aplicação do plano: 02/05/2012.
Disciplina: Matemática.
Responsável pelo plano: Graziele Bombonato Delgado.
Público-alvo: 2ª série do Ensino Médio
Conteúdo: A matemática “escondida” nas profissões.
Recursos necessários: Projetor e computador.
Metodologia: A aula será baseada em vídeos que trazem diversas profissões e mostram a matemática que existe em cada uma delas. Também será feito um debate com os alunos sobre sonhos e realização profissional.
Objetivos: Proporcionar aos alunos uma oportunidade de ter mais opções sobre as profissões que eles querem seguir e mostrar quais das várias profissões contém matemática como matéria base. Nessa aula, a matemática será vista de uma forma geral nas profissões, só como uma curiosidade aos alunos.
Desenvolvimento:
Separamos dois vídeos e vamos começar com o vídeo 1, que na verdade é um Programa de Qualificação Profissional – Preste atenção na matemática. O vídeo trata de várias profissões, prestando atenção na matemática que cada uma possui: o engenheiro civil, o mestre de obras, o pedreiro, o eletricista, o garçom, a camareira.
Com esse vídeo, queremos mostrar que até profissões como pedreiros e garçons, consideradas profissões mais simples e que não necessitam de uma formação profissional elevada também tem sua base matemática, já que esses profissionais precisam fazer contas no dia-a-dia que facilitem seu trabalho.
O segundo vídeo, Matemático e Músico, trata desses assuntos que estão tão presentes na vida dos alunos e que eles nem imaginam: música é pura matemática! No vídeo, há uma entrevista com o músico João Marcello Bôscoli, que toca bateria e é filho de Elis Regina e com o matemático Claudio Possani (Formado pela Universidade de São Paulo – USP). O vídeo trata dos dois assuntos de maneira separada, mas o músico cita que é importante conhecer matemática para se aprender a tocar um instrumento. Enquanto isso, o matemático mostra o que matemáticos fazem: experimentos, descobertas, enfim. Ele cita algumas experiências como: se colocamos areia em pratos(de bateria, por exemplo) e “tocamos” os pratos com uma vara de violino, a areia se espalha pelo prato de uma forma matemática e forma desenhos no prato. Ele também cita os jogos da velha em 3D e 4D, onde é possível criar mais estratégias vencedoras mais eficientes do que o jogo da velha convencional(planificado).
Após o vídeo, vamos falar um pouco mais da relação de música e matemática, uma vez que a música está presente na vida do ser humano constantemente, principalmente na vida dos alunos, que tem a cultura de caminhar, correr, ir para o trabalho, escola com os fones de ouvido sua música ou sua banda favorita.
Começamos os slides falando de Pitágoras: ele não é só o “Pai da Matemática”, é também o “Pai da Música”. Pitágoras foi o responsável pela criação de um instrumento que dará origem a arpa. Pitágoras também criou as primeiras notas musicais e é responsável pelas escalas musicais que são usadas até hoje. Existiam as fraternidades de intelectuais conhecidas como “Pitagóricos”(fraternidades que se reuniam secretamente para discutir descobrimentos matemáticos),  e eles também discutiam música nas suas reuniões.
Para se ler partitura, que é o alfabeto musical, a matemática é ferramenta importantíssima, pois as notas musicais são classificadas de acordo com um tempo: a maior nota, chama “breve” tem o tempo 1. A semi-breve tem tempo ½. A colcheia tem tempo ¼. E assim por diante. Portanto para se formar os compassos musicais, é necessário conhecer matemática e o tempo de cada nota. Um dos slides também será uma tabela que tem as notas musicais com seus respectivos tempos, apenas para os alunos saberem como funciona.
Para complementar a ideia da música e matemática e relacionar com a história Pitagórica, passaremos um trecho do vídeo “Donald no país da Matemágica”, em que os Pitagóricos e sua música é mostrado de um jeito divertido no desenho.
Acabado o trecho do vídeo, vamos abrir um debate entre os alunos com as perguntas: “E então? O quer vocês querem ser? O que querem estudar? Quais são sonhos?”
E à medida que os alunos falam, nós tiramos dúvidas sobre “qual profissão faz o que” e também tentamos motivá-los a seguir uma profissão, seja ela qual for.
NOTA: Essa aula foi montada para os alunos do período noturno para a comemoração ao dia da Matemática(06/05) a pedidos da supervisora Maria Laura.
Bibliografia
Matemático e Músico:
Preste atenção na Matemática
Donald no País da matemágica
Presença: Tivemos presentes aproximadamente 46 alunos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário